sábado, abril 11, 2009

Navegando no Sono

Navegando no Sono

Como seria deitar a cabeça agora e dormir?
Sentir a suavidade do tecido,
A maciez do travesseiro,
A cabeça pousando lentamente,
E afundando como num filme em câmera lenta...
A brisa entraria pela janela,
O aroma das damas-da-noite no ar,
Somente o luar a iluminar.
Nesse momento respiraria bem fundo,
Ajeitaria a cabeça como se acariciasse o travesseiro,
Mantendo os olhos fechados,
E o coração aberto.
O corpo relaxado se harmonizaria com a cama,
Os pés brincando, alisariam o colchão,
E as mãos, em sintonia com a alma,
Repousariam a frente do corpo,
Como em sinal de oração,
Agradecendo por mais uma noite,
E por esse sono tão desejado...
Bem Vindo!

(Civana)

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
 

Arquivo do blog

Pesquisar no Portal